Missão e Gestão: desafios e rumos da educação marista

Jaqueline de Jesus apresenta perspectivas sobre a educação marista. Foto: Reinaldo Fontes
Jaqueline de Jesus apresenta perspectivas sobre a educação marista. Foto: Reinaldo Fontes

Na tarde de quinta-feira (13/10), foi realizado o 3º Encontro Marista de Missão e Gestão. A atividade teve início com a mesa redonda “Educação Marista: Práticas de Mercado e Educação Evangelizadora – Falso Dilema?”. Coordenada por Rogério Anele, superintendente da Rede Marista, a reunião trouxe reflexões sobre a educação marista e o mercado educativo brasileiro. Participaram o professor Pedro Demo, da Universidade de Brasília (UnB); Ir. Clemente Juliatto, ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), e Jaqueline de Jesus, gerente educacional da Província Marista Brasil Centro-Norte (PMBCN).

A acolhida foi feita pelo Ir. Ataide José de Lima, provincial da PMBCN, sobre as perspectivas para o evento. “Atentos às complexidades que despontam frente à nossa missão como Maristas, este encontro tem como objetivo refletir sobre os desafios e inquietações de se constituir uma educação evangelizadora, baseada no carisma Marista, ao mesmo tempo em que se mantém coerente com as melhores práticas de gestão”, explicou.

Ao começar as reflexões, o Ir. Clemente Juliatto compartilhou temas relacionados à gestão e fez referência a pesquisadores da área da educação, como Paulo Freire, que ressaltavam valores e princípios da docência. “Gestão e missão são coisas inseparáveis. Uma só existe se a outra estiver conectada”, lembrou. Acerca da atuação marista, Jaqueline de Jesus deu continuidade às análises do dia sobre a importância da qualidade educacional. “Temos um jeito próprio de educar. Somos referência e, a cada dia, aprendemos a fazer uma pedagogia de excelência”, afirmou. Ela falou, ainda, sobre o papel das dimensões pastorais e educacionais na formação de crianças e jovens.

O professor Pedro Demo apresentou dados do IDEB 2005- 2015 e refletiu sobre os desafios da escola em formar cidadãos preparados. “Hoje, a formação não é voltada para o aprendizado. O grande entupimento curricular não cria pessoas com educação científica, faz críticos sem utopia. Precisamos preparar protagonistas na profissão”, afirmou o educador.

Relatório Social

Foto: Letícia Pina
Leonardo Soares demonstra os indicadores do Brasil Marista. Foto: Letícia Pina

Após a mesa redonda, o assessor da área de Gestão daUMBRASIL, Leonardo Soares, apresentou os indicadores do Brasil Marista, com a evolução da educação básica e superior, e nas áreas de saúde e comunicação. Os resultados são norteadores para as ações estratégicas das províncias. “A partir deles, os gestores tomam decisões fundamentadas na realidade de cada Província”, garantiu Soares.

Ao final do 3º Encontro Marista de Gestão e Missão, foi lançado o Relatório Social do Brasil Marista, ano base 2015. Apresentada pela representante do Grupo de Trabalho do Relatório Social, Josenice Trevisani, a publicação é anual e consolida as características, as abrangências e os impactos das ações.  “As informações são fruto de trabalho de um grupo formado por representantes das três províncias” disse Trevisani.

O Encontro foi finalizado com a manifestação do Diretor- Presidente da UMBRASIL, Ir.  Deivis  Alexandre Fischer, que fez o convite aos participantes para que “caminhem juntos, para irem mais longe, rumo a um novo começo”.

Deixe uma resposta

Nome *
E-mail *
Site